Eu farei de você uma pessoa melhor! O que está por trás do desejo de consertar os outros

Алан-э-Дейл       29.05.2024 г.

Alguns de nós têm dificuldade em resistir ao desejo de ajudar outras pessoas a serem melhores. Geralmente, queremos consertar algo que está quebrado ou que não está funcionando como deveria. A necessidade de refazer outra pessoa é especialmente comum em relacionamentos românticos, quando um dos parceiros está convencido de que, com um pouco de esforço, pode tornar a outra metade melhor.

O problema é que a outra pessoa não quer ser aperfeiçoada e, além disso, talvez não veja a necessidade de ser aperfeiçoada. As pessoas que estão em um relacionamento com alguém que sentem que precisam consertar estão fadadas à decepção e ao rompimento desse relacionamento. Afinal, relacionamentos saudáveis são baseados em respeito mútuo, amor e aceitação. Os relacionamentos em que um dos parceiros sente que o outro não é tão bom quanto ele e que há uma necessidade urgente de corrigir essa omissão provocam frustração, ressentimento, raiva e desprezo. A maioria das pessoas prefere ser amada pelo que é, e não pelo que os outros podem fazer com que elas sejam.

Infelizmente, a maioria dos autoproclamados coaches que querem melhorar seu parceiro a todo custo geralmente tem questões não resolvidas relacionadas a traumas e experiências de abuso na infância. A maioria das pessoas que sofreram abuso físico ou emocional na infância tem problemas para regular emoções negativas. É mais provável que tenham baixa autoestima, depressão, ansiedade e autodepreciação do que outras pessoas.

O trauma de infância tem consequências não apenas de curto prazo, mas também de longo prazo, que podem se estender por toda a vida. Muitos sobreviventes de abuso infantil acham difícil aceitar que não foram culpados pelo que aconteceu; eles vivem com a crença de que o que aconteceu foi inteiramente culpa deles. Eles acham que eles mesmos causaram o abuso e sentem que não são amados, que não são bons o suficiente.

Tudo isso leva a um desejo obsessivo de corrigir não apenas a si mesmo, mas também os outros. Como o semelhante atrai o semelhante, é provável que essas pessoas se encontrem com frequência exatamente na companhia de pessoas que tenham as mesmas imperfeições reais ou imaginárias que elas. E, ao se deparar com essas imperfeições, elas se encontrarão em um ambiente familiar, pois estão acostumadas a ver o problema e tentar consertá-lo.

Uma pessoa que cresceu em uma família disfuncional tem dificuldade de interagir com aqueles que cresceram em um ambiente melhor. Ambientes disfuncionais geralmente impedem o desenvolvimento de estratégias adaptativas, habilidades de aprendizado e autorregulação emocional. Quando encontramos um parceiro em potencial que não teve problemas semelhantes na infância e na adolescência, podemos achar que não sabemos como nos comportar ou sobre o que falar na presença dele. Pode parecer estranho, mas para uma pessoa cuja infância é difícil de ser considerada favorável, uma pessoa de uma família favorável pode parecer errada. E isso significa que ela precisa ser corrigida.

  • Queremos ser salva-vidas;
  • Queremos consertar as coisas que estão quebradas ou que não estão funcionando direito;
  • Adoramos um desafio; {SPACE}
  • Isso nos faz sentir necessários;
  • Nos sentimos especiais quando podemos causar impacto na vida de outras pessoas;
  • Nós nos vemos em outras pessoas;
  • Ao «corrigir» os outros, inconscientemente corrigimos a nós mesmos;
  • Gostamos de ver os frutos de nossa atividade corretiva;
  • Ansiamos por gratidão em troca de tudo o que fizemos por outra pessoa;
  • Queremos tornar a outra pessoa melhor para si mesma, de modo que nos sintamos mais confortáveis com ela;
  • Queremos que essa pessoa fique em dívida conosco.

Artigo original: Tarra Bates-Duford, — Broken Things: Our Need to Fix Others (Coisas quebradas: nossa necessidade de consertar os outros), PsychCentral, novembro de 2018 Traduzido por Margarita Eliseeva. Editor: Vyacheslav Mikhailovich Simonov.

Гость форума
От: admin

Эта тема закрыта для публикации ответов.

[yarpp]